terça-feira, 21 de abril de 2009

CANTOR GOSPEL GAY

CANTOR GOSPEL GAY

Jeferson Morais foi expulso de sua igreja, acabou na rua, mas agora está lançando seu primeiro CD.Enquanto algumas denominações evangéligas se preocupam em lutar contra os direitos dos homossexuais, parte de seus fiéis estão dando às costas para os valores mais arcaicos em nome da liberdade. Jeff Morais, 27 anos, cantor gospel, nascido na cidade do Rio de Janeiro, é um evangélico assumidamente gay. Com um novo projeto musical que irá ser lançando no fim do ano, o cantor resolveu bater um papo e falar sobre algumas questões que envolvem sua vida na Igreja e o fato de ser assumido.“Eu te amo e também sinto por você o mesmo que você sente por mim”, foi essa frase, ouvida aos 14 anos, que fez Jeferson mudar alguns conceitos seus. “Eu me apaixonei pelo filho de um famoso e polêmico Pastor evangélico, temíamos bastante esse romance, porém foi muito especial o que descobrimos juntos e somos amigos até hoje”, conta. “Atualmente ele está casado com uma cantora evangélica”, revela o cantor. A reação da Igreja que Jefferson frequentava, quando descobriu sua sexualidade, foi a pior possível. “Eu fui expulso de um jeito terrível, no meio de uma reunião domical pelo microfone na frente todos os presentes:- Atenção todos os irmãos presentes, Jefferson de Morais Florentino é gay e por isso não é mais bem vindo em nossa Igreja, quero convida-lo a se retirar de nosso meio pois este lugar é santo”. Foram as palavras do pastor”, lembra.“Na verdade a Igreja só soube pois foi muito grande a repercussão no bairro após meu pai me jogar na rua sem roupas, sem documentos e completamente ferido pela agressão física feita por ele, isso aconteceu no dia do meu aniversário, no ano de 1998, eu tinha 17 anos. Na igreja as pessoas já desconfiavam ou até tinham certeza mas faziam vista grossa. Com este escândalo, meu calvário deu início. Sem lugar para dormir, sem emprego e sem os amigos, pois todos foram proibidos de qualquer tipo de relação comigo, fui excluído da Igreja, mesmo que lá todos soubessem que Deus é amor”, continua Jeferson.Após essa tuburlência Jefferson passou por um período de busca e acabou descobrindo a Igreja Cristã Contemporânea, coordenada pelo Pr. Marcos Gladstone, onde os homossexuais são aceitos sem nenhum tipo de recriminação. Lá ele é aceito e pode praticar sua crença sem nenhum tipo de critica ou preconceito.Jefferson ouviu falar que evangélicos iam às ruas da zona oeste do Rio de Janeiro levar alimento aos moradores de rua. Ele então resolveu fazer algo parecido, mas em outras paragens. Foi para as vielas da área do Castelo no centro do Rio de Janeiro e em toda região do Aterro do Flamengo no horário de mais atuação dos garotos de programas e das travestis. Munido de um kit contendo camisinhas, trechos bíblicos em folhetos, endereços de igrejas inclusivas e telefones de emergências. Ele transita sorrindo, falando no que acredita de forma coerente e dinâmica aos que estão perto do alcance de sua calma e voz educada.“É muito fácil vender CDS em lojas, falar bonito nas rádios, fazer tardes de autógrafos e se auto-titular evangelista, ministro, adorador entre outros nomes e não sair atrás das pessoas que não são alcançadas por esta estratégia de venda imposta pelas gravadoras e depois dizerem que a violência é grande neste tipo de evangelismo.”Hoje, vive com um rapaz a 3 anos e o ajuda a criar um filho do primeiro casamento.
COPIADO DE Amenidades da cristandade.

domingo, 19 de abril de 2009

O TABERNÁCULO

Tenda provisória, onde o Senhor falava a seu povo, Ex 33.7-10. Construção portátil, em forma de tenda, que Deus ordenou a Moisés fizesse para servir de sua morada no meio do povo de Israel, Ex 25.8,9, donde lhe veio o nome de habitação, Ex 25.9; 26.1, lugar onde Jeová falava a seu povo, Ex 41.34,35, onde se achavam depositadas as tábuas da lei ou o testemunho, “o tabernáculo do testemunho”, Ex 38.21; cp. 25.21,22; Nm 9.15, também denominado “casa do Senhor”, Ex 34.26; Js 6.24. Os materiais para construção do tabernáculo foram adquiridos ali mesmo em larga quantidade. As madeiras vieram das florestas do deserto. Deram os homens e as mulheres os braceletes, as arrecadas, os anéis e os ornatos dos braços; todos os vasos de ouro foram postos à parte para donativos do Senhor. Se algum tinha Jacinto, púrpura e escarlata, linho fino e pelos de cabra, peles de carneiro, metais de prata e de cobre, paus de cetim para vários usos, tudo ofereceram ao Senhor. Os príncipes ofereceram pedras cornelinas e pedras preciosas para o éfode, Ex 35.21-29. O largo dispêndio de metais preciosos para uma construção temporária ficou plenamente justificado, uma vez que todos os materiais tinham de ser aproveitados, quando se procedesse à construção permanente.
O Senhor dá a Moisés as instruções minuciosamente para a edificação do tabernáculo, a começar pela arca, que era o ponto central para o encontro de Jeová com o seu povo, Ex 25.22.
I. Feições essenciais e permanentes: a arca, a mesa dos pães da proposição e o candeeiro de ouro, Ex 25.10-40, símbolo de cousas celestiais, Hb 9.23. Seguem-se os pormenores, Ex 26.1-37; para o altar dos sacrifícios, Ex 27.1-8; para a localização do átrio, Ex 27.9-19. O candeeiro deveria ser alimentado com azeite puro de oliveira para conservá-lo sempre aceso, Ex 27.20,21. O cap. 25.30 de Êxodo fala sobre os pães da proposição que deveriam estar sempre na presença de Deus. II. Aproximação a Deus, por mediação do sacerdócio. Sua instituição, Ex 28.1; suas vestes, Ex 28.2-43, modo de sua consagração, Ex 29.1-36. Depois de criada a ordem sacerdotal, vêm as especificações referentes ao altar, Ex 29.37, e ao sacrifício perpétuo, Ex 29.38-42. III. Passa em seguida para o altar dos incensos, Ex 30.1-10, simbolizando a adoração que o povo santificado oferece a seu Deus. Somente neste lugar é que se fala do altar dos perfumes em separado dos demais objetos que ornavam o tabernáculo. Deveria ocupar logicamente o ponto em que o povo oferecia as suas adorações ao Senhor. Em outros lugares, figura ele em conjunto com as outras peças na ordem seguinte: a arca, a mesa, o candeeiro, o altar dos incensos e o altar dos sacrifícios, como se diz em relação a estes objetos, Ex 37.25-28, na enumeração de todas as peças, Ex 39.38. nas instruções sobre a maneira de levantar o tabernáculo, Ex 40.5, e na história final de sua elevação. IV. Provisões para as necessidades do culto: A contribuição de meio siclo preço do resgate de cada pessoa, Ex 30.11-16, a bacia de bronze, Ex 30.17-21 as santas unções de óleo, Ex 30.22-33, e o incenso, Ex 30.34-38.
O tabernáculo formava um paralelogramo de 18 m de comprimento por 6 m de largo, com entrada pelo lado do oriente. A parte traseira e os dois lados eram feitos com 48 tábuas, 20 de cada lado e 8 nos fundos, das quais, duas formavam os ângulos, todas cobertas de ouro. As tábuas apoiavam-se em bases de prata duas em cada tábua, ligadas entre si por barrotes de pau de cetim; cinco para conterem as tábuas a um lado do tabernáculo outros cinco para o outro lado, e cinco para o lado ocidental, presos a argolas de ouro, Ex 26.15-30. Toda a frente servia de entrada, onde se erguiam cinco colunas de pau de cetim douradas, cujos capitéis eram de ouro e as bases de bronze, de onde pendia um véu de jacinto e de púrpura. O interior dividia-se em duas secções, separadas por uma cortina suspensa de quatro colunas douradas, com capitéis de ouro e bases de prata, Ex 26.32,37. Os dois compartimentos ficavam na parte ocidental, onde se achava o santo dos santos e o santuário, ou lugar santo, Ex 26.16. Havia quatro cortinas: I. A coberta e os lados tinham uma cortina de linho retorcido de cor de jacinto, de púrpura e de escarlata com querubins. Esta cortina era feita em dez pedaços, cinco pedaços eram enlaçados uns com os outros, e os outros cinco se uniam do mesmo modo, de sorte que formavam duas peças que se prendiam entre si. Uma formava a coberta e três lados do santo dos santos, e a outra, a coberta e outros dois lados do santuário. II. A principal coberta externa do Tabernáculo, era de pelos de cabra e consistia de onze cobertas estreitas. Estas onze cobertas se ajuntavam umas às outras, formando duas secções: uma com cinco, e outra com seis, A parte formada pelas cinco cobria o teto e três lados do santo dos santos; a mais larga cobria o teto e os lados do santuário. III. A terceira coberta era de peles de carneiro, tintas de vermelho. IV. À entrada do santuário pendia um véu e outro em frente do santo dos santos. Cada um deles era de cor de jacinto, de púrpura e de escarlata, e de linho fino retorcido, com lavores de bordados, com figuras de querubins, para indicar que ninguém se poderia aproximar da presença de Jeová.
O tabernáculo ocupava um átrio retangular de 100 côvados de comprimento na direção de leste a oeste, e de 50 de largura de norte para sul, cercado por vinte colunas de cada lado com outras tantas bases de bronze e capitéis de prata, cada uma separada da outra, 5 côvados, com cortinas de linho retorcido. Na entrada do átrio havia uma coberta de vinte côvados, de jacinto, de púrpura, de escarlata tinta duas vezes, e de linho fino retorcido, com quatro colunas e outras tantas bases, Ex 27.9-18. O tabernáculo ocupava a metade da parte ocidental do átrio; o mar de bronze e o altar dos sacrifícios ficavam na outra metade para o lado do oriente sem coberta alguma A arca era o ponto de convergência de todo o cerimonial e ocupava o santo dos santos. No santuário, bem defronte do véu que o separava do santo dos santos, erguia-se o altar dos incensos, que, não obstante, também pertencia ao oráculo, 1Rs 6.22; Hb 9.3,4. Neste mesmo apartamento estava a mesa dos pães da proposição ao lado direito, e ao lado esquerdo, o candeeiro de ouro. Fora do átrio, estava o mar de bronze e o altar dos sacrifícios. A dedicação do tabernáculo fez-se no primeiro dia do segundo ano depois que os israelitas saíram do Egito. Durante o dia, cobria-o uma nuvem, e durante a noite, pairava sobre ele uma coluna de fogo, enquanto durou a viagem pelo deserto. Quando se levantava acampamento, os levitas se encarregavam de desmontar o tabernáculo e de novo o levantarem em outro lugar, Ex caps. 26; 27.9-19; 35.4-36; 38; 40.1-38. Enquanto durou a conquista de Canaã, a arca permaneceu no campo em Gilgal. Depois de se estabelecerem na terra prometida, Josué levantou o tabernáculo em Silo, onde permaneceu em todo o tempo dos juizes, Js 18.1. Parece que em torno do santuário havia dependências destinadas aos sacerdotes e à guarda das ofertas que o povo fazia ao Senhor, 1Sm 3.3; cp. acampamento dos levitas em torno dele, Nm 3.23,29,35. Estas dependências com certeza Eram protegidas de modo diverso, por que era o tabernáculo. Fala-se em tendas, 2Sm 7.6, em porta do tabernáculo do testemunho, Js 19.51; 1Sm 2.22, em habitação de Jeová, Js 22.19,29; Jz 19.18; 1Sm 1.7,24; 3.15. Quando os filisteus tomaram a arca, o tabernáculo perdeu toda a sua glória e todo o seu valor, Sl 78.60. No reinado de Saul a arca esteve em Nobe, 1Sm 21.1.
No reinado de Davi e no de Salomão, até à construção do templo, o tabernáculo estava num alto que havia em Gabaom, 1Cr 16.39; 21.29. Depois que Salomão edificou o templo, segundo o modelo do tabernáculo, porém em mais largas proporções, tudo que havia no tabernáculo foi transferido pra ele. 1Rs 8.4; 2Cr 5.5

DIZIMISTA FIEL

Por que devo ser um(a) dizimista fiel? Veja a resposta em Ml.3.10

Amado(a) irmão(ã), tenho orado a Deus, para que todas os estudos bíblicos, pesquisas bíblias, esboços para mensagens e outros temas colocados neste site, sirvam para fortalecimento, edificação, crescimento espiritual e até conserto, para todos que desfrutarem deste trabalho, que o Senhor Jesus, pela sua infinita bondade, confiou às minhas mãos.
Por que fiz esta pesquisa sobre o dízimo?

PERCEBO, QUE EXISTEM MUITOS CRISTÃOS, QUE AINDA NÃO ENTENDERAM AS PROMESSAS DE DEUS, QUANTO A FIDELIDADE EM DIZIMAR, E O QUE DEUS NOS PROMETE, SE OBEDECERMOS À SUA PALAVRA É BEM FÁCIL DE SE NOTAR, O CRISTÃO QUE É FIEL COMO os SEUS DÍZIMOS E OFERTAS, E AQUELES QUE AINDA ESTÃO ROUBANDO DO SENHOR. QUERENDO VOCÊ OU NÃO, HÁ UM IMPEDIMENTO DAS BÊNÇÃOS DE DEUS EM SUA VIDA. EMBORA SABENDO QUE se trata de UMA EXPRESSÃO ATÉ DIFÍCIL DE SER FALADA, PORÉM É O QUE ESTÁ ESCRITO NA BÍBLIA SAGRADA.

VOCÊ QUE JÁ É UM (A) DIZIMISTA FIEL, UTILIZE ESTA PESQUISA EM SUA IGREJA, E FALE DAS MARAVILHAS QUE DEUS TEM FEITO EM SUA VIDA. QUANTAS BÊNÇÃOS VOCÊ TEM RECEBIDO,
E NÃO TEM TESTEMUNHADO. ISTO É O QUE DEUS ESTÁ ME FALANDO AGORA,
PARA COLOCAR ASSIM MESMO, PASSE À OUTROS SUAS EXPERIÊNCIAS,
ELAS SERVIRÃO PARA DESPERTAMENTO DAQUELES QUE AINDA NÃO TIVERAM FÉ,
PARA CONTRIBUIR COM OS SEUS DÍZIMOS.

QUERIDO (A) IRMÃO (Ã), QUE AINDA NÃO É UM (A) DIZIMISTA FIEL, LENDO ESTA PESQUISA, ORE,
FAÇA UM PROPÓSITO COM DEUS, TENHA FÉ, ENTREGUE O SEU DÍZIMO EM SUA IGREJA,
FAÇA PROVA DO SENHOR, ELE É FIEL PARA CUMPRIR ÀS SUAS PROMESSAS.
DEUS ESTÁ COM AS SUAS MÃOS CHEIAS DE BÊNÇÃOS PARA VOCÊ. CREIA,
E RECEBA ESTA PALAVRA DO CORAÇÃO DE DEUS PARA O SEU CORAÇÃO.
TOME POSSE AGORA DESTA PALAVRA EM SUA VIDA, ESTE DEVORADOR QUE NÃO
TEM DEIXADO VOCÊ PROSPERAR, HOJE ELE FOI REPREENDIDO NO NOME
PODEROSO E GLORIOSO DO SENHOR JESUS CRISTO. AMÉM?

LEIA ESTES VERSÍCULOS: DEUTERONÔMIO 28.1-8
1 E será que, se ouvires a voz do SENHOR, teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu te ordeno hoje, o SENHOR, teu Deus, te exaltará sobre todas as nações da terra.
2 E todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, quando ouvires a voz do SENHOR, teu Deus:
3 Bendito serás tu na cidade e bendito serás no campo.
4 Bendito o fruto do teu ventre, e o fruto da tua terra, e o fruto dos teus animais, e a criação das tuas vacas, e os rebanhos das tuas ovelhas.
5 Bendito o teu cesto e a tua amassadeira.
6 Bendito serás ao entrares e bendito serás ao saíres.
7 O SENHOR entregará os teus inimigos que se levantarem contra ti feridos diante de ti; por um caminho sairão contra ti, mas por sete caminhos fugirão diante de ti.
8 O SENHOR mandará que a bênção esteja contigo nos teus celeiros e em tudo que puseres a tua mão; e te abençoará na terra que te der o SENHOR, teu Deus.

A PALAVRA DE DEUS SOBRE ABUNDÂNCIA
QUEM É A FONTE DA ABUNDÂNCIA? O Senhor Deus Todo Poderoso.
Ml. 3:10-11 -Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós uma bênção tal, que dela vos advenha a maior abastança.
11 - E, por causa de vós, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; e a vide no campo não vos será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.
Dt.30.9- E o SENHOR, teu Deus, te dará abundância em toda obra das tuas mãos, no fruto do teu ventre, e no fruto dos teus animais, e no fruto da tua terra para bem; porquanto o SENHOR tornará a alegrar-se em ti para bem, como se alegrou em teus pais;
Is. 30.23- Então, te dará chuva sobre a semente com que semeares a terra, como também pão da novidade da terra; e esta será fértil e cheia; naquele dia, o teu gado pastará em lugares largos de pasto.


QUAIS SÃO ALGUMAS CARACTERÍSTICAS DO CARATER DA NATUREZA ABUNDANTE DE DEUS?
O SEU GRANDE AMOR, A SUA IMENSA MISERICÓRDIA.
Ef. 2:4 - Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou.

I Pe.1:3.-Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos.

O amor e a misericórdia de Deus são derramados sobre nós com abundância. Nosso Deus não é um Deus de copo meio cheio, ou meio vazio. É o Deus da taça que transborda. De forma que assim como o pecado reinou sobre nós e nos trouxe a morte, agora a bondade maravilhosa de Deus reina em seu lugar, justificando-nos perante Ele e resultando na vida eterna através de Jesus Cristo. Deus derrama sobre nós amor e benignidade em abundância. Deus nos dá de maneira abundantemente porque Ele nos amou de tal maneira...João 3.16 - Quando amamos alguém intensamente, desejamos oferecer a esta pessoa, o melhor que temos. Deus nos amou de tal maneira, que nos deu o melhor dEle, Jesus Cristo, sEu filho unigênito. Deus é o criador abundante de milagres. A taça que Deus usa para medir suas bênçãos é grande demais para ser uma mera taça. É maior do que tudo que possamos imaginar.
DE QUE FORMA FOI JESUS UMA EXPRESSÃO DA ABUNDÂNCIA DE DEUS?
Cl. 2:9- Porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade. (Em outras palavras, Deus dá tudo de si por nós e para nós.)

Pesquisei na Bíblia Sagrada, todas as citações que fazem referência ao dízimo.
Sempre utilizo a Bíblia Revista e Corrigida. Não deixe de ler, vá até o final, não desista.

Gn.14:20 - E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos. E deu-lhe o dízimo de tudo.
Gn.28:22 - E esta pedra, que tenho posto por coluna, será Casa de Deus; e, de tudo quanto me deres, certamente te darei o dízimo.
Lv. 14:10 - E, ao dia oitavo, tomará dois cordeiros sem mancha, e uma cordeira sem mancha, de um ano, e três dízimas de flor de farinha para oferta de manjares, amassada com azeite, e um logue de azeite.
Lv. 14.21 - Porém, se for pobre, e a sua mão não alcançar tanto, tomará um cordeiro para expiação da culpa em oferta de movimento, para fazer expiação por ele, e a dízima de flor de farinha, amassada com azeite, para oferta de manjares, e um logue de azeite,
Lv. 23:13 - E sua oferta de manjares serão duas dízimas de flor de farinha, amassada com azeite, para oferta queimada
em cheiro suave ao SENHOR, e a sua libação de vinho, o quarto de um him.
Lv. 23:17 - Das vossas habitações trareis dois pães de movimento; de duas dízimas de farinha serão, levedados
se cozerão; primícias são ao SENHOR.
Lv. 24:5 - Também tomarás da flor de farinha e dela cozerás doze bolos; cada bolo será de duas dízimas.
Lv. 27:30 - Também todas as dízimas do campo, da semente do campo, do fruto das árvores são do SENHOR;
santas são ao SENHOR.
Lv. 27:31 - Porém, se alguém das suas dízimas resgatar alguma coisa, acrescentará o seu quinto sobre ela.
Lv. 27:32 - No tocante a todas as dízimas de vacas e ovelhas, de tudo o que passar debaixo da vara, o dízimo será
santo ao SENHOR.
Nm.18:21 - E eis que aos filhos de Levi tenho dado todos os dízimos em Israel por herança, pelo seu ministério que
exercem, o ministério da tenda da congregação.
Nm.18:24 - Porque os dízimos dos filhos de Israel, que oferecerem ao SENHOR em oferta alçada, tenho dado
por herança aos levitas; porquanto eu lhes disse: No meio dos filhos de Israel nenhuma herança herdareis.
Nm.18:26 - Também falarás aos levitas e dir-lhes-ás: Quando receberdes os dízimos dos filhos de Israel, que eu deles
vos tenho dado em vossa herança, deles oferecereis uma oferta alçada ao SENHOR: o dízimo dos dízimos.
Nm.18:28 - Assim também oferecereis ao SENHOR uma oferta alçada de todos os vossos dízimos, que receberdes
dos filhos de Israel, e deles dareis a oferta alçada do SENHOR a Arão, o sacerdote.
Dt.12:6 - E ali trareis os vossos holocaustos, e os vossos sacrifícios, e os vossos dízimos, e a oferta alçada da vossa
mão, e os vossos votos, e as vos- sas ofertas voluntárias, e os primogênitos das vossas vacas e das vossas ovelhas.
Dt.12:11 - Então, haverá um lugar que escolherá o SENHOR, vosso Deus, para ali fazer habitar o seu nome; ali trareis tudo o que vos ordeno: os vossos holocaustos, e os vossos sacrifícios, e os vossos dízimos, e a oferta alçada da vossa mão, e toda escolha dos vossos votos que votardes ao SENHOR.
Dt.2:17 - Nas tuas portas, não poderás comer o dízimo do teu cereal, nem do teu mosto, nem do teu azeite, nem as primogenituras das tuas vacas, nem das tuas ovelhas; nem nenhum dos teus votos, que houveres votado, nem as tuas ofertas voluntárias, nem a oferta alçada da tua mão;
Dt.14:22 - Certamente darás os dízimos de toda a novidade da tua semente, que cada ano se recolher do campo.
Dt.14:23 - E, perante o SENHOR, teu Deus, no lugar que escolher para ali fazer habitar o seu nome, comerás os dízimos do teu cereal, do teu mosto, do teu azeite e os primogênitos das tuas vacas e das tuas ovelhas; para que aprendas a temer ao SENHOR, teu Deus, todos os dias.
Dt.14:28 - Ao fim de três anos, tirarás todos os dízimos da tua novidade no mesmo ano e os recolherás nas tuas portas.
Dt.26:12 - Quando acabares de dizimar todos os dízimos da tua novidade, no ano terceiro, que é o ano dos dízimos, então, a darás ao levita, ao estrangeiro, ao órfão e à viúva, para que comam dentro das tuas portas e se fartem.
I Sm. 8.15 - E as vossas sementes e as vossas vinhas dizimará, para dar aos seus eunucos e aos seus criados.
II Cr. 31:5 - E, depois que essa ordem se divulgou, os filhos de Israel trouxeram muitas primícias de trigo, e de mosto, e de azeite, e de mel, e de toda a novidade do campo; também os dízimos de tudo trouxeram em abundância.
II Cr. 31:6 - E os filhos de Israel e de Judá que habitavam nas cidades de Judá também trouxeram dízimos das vacas e das ovelhas e dízimos das coisas sagradas que foram consagradas ao SENHOR, seu Deus; e fizeram muitos montões.
II Cr. 31:12 - Ali, meteram fielmente as ofertas, e os dízimos, e as coisas consagradas; e isso estava a cargo de Conanias, o levita maioral, e Simei, seu irmão, o segundo.
Ne. 10:37 E que as primícias da nossa massa, e as nossas ofertas alçadas, e o fruto de toda árvore, e o mosto, e o azeite traríamos aos sacerdotes, às câmaras da Casa do nosso Deus; e os dízimos da nossa terra aos levitas; e que os levitas pagariam os dízimos em todas as cidades da nossa lavoura;
Ne. 10:38 - E que o sacerdote, filho de Arão, estaria com os levitas quando os levitas recebessem os dízimos, e que os levitas trariam os dízimos dos dízimos à Casa do nosso Deus, às câmaras da casa do tesouro.
Ne.12:44 - Também, no mesmo dia, se nomearam homens sobre as câmaras, para os tesouros, para as ofertas alçadas, para as primícias e para os dízimos, para ajuntarem nelas, das terras das cidades, as porções designadas pela Lei para os sacerdotes e para os levitas; porque Judá estava alegre por causa dos sacerdotes e dos levitas que assistiam ali.
Ne.13:5 - e fizera-lhe uma câmara grande, onde dantes se metiam as ofertas de manjares, o incenso, os utensílios e os dízimos do grão, do mosto e do azeite, que se ordenaram para os levitas, e cantores, e porteiros, como também a oferta alçada para os sacerdotes.
Ne. 13:12 - Então, todo o Judá trouxe os dízimos do grão, e do mosto, e do azeite aos celeiros.
Am. 4:4 - Vinde a Betel e transgredi; a Gilgal, e multiplicai as transgressões; e, cada manhã, trazei os vossos sacrifícios e, de três em três dias, os vossos dízimos.
Ml. 3:8 - Roubará o homem a Deus? Todavia, vós me roubais e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas alçadas.
Ml. 3:10 - Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós uma bênção tal, que dela vos advenha a maior abastança.
Mt. 23:23 - Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Pois que dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer essas coisas e não omitir aquelas.
Lc. 11.42 - Mas ai de vós, fariseus, que dizimais a hortelã, e a arruda, e toda hortaliça e desprezais o Juízo e o amor de Deus! Importava fazer essas coisas e não deixar as outras.
Lc. 18:12 - Jejuo duas vezes na semana e dou os dízimos de tudo quanto possuo.
Hb. 7.2 - A quem também Abraão deu o dízimo de tudo, e primeiramente é, por interpretação, rei de justiça e depois também rei de Salém, que é rei de paz;
Hb. 7.4 - Considerai, pois, quão grande era este, a quem até o patriarca Abraão deu os dízimos dos despojos.
Hb.7.5 - E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar o dízimo do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham descendido de Abraão.
Hb. 7.6 - Mas aquele cuja genealogia não é contada entre eles tomou dízimos de Abraão e abençoou o que tinha as promessas
Hb.7.8 - E aqui certamente tomam dízimos homens que morrem; ali, porém, aquele de quem se testifica que vive.
Hb.7.9 - E, para assim dizer, por meio de Abraão, até Levi, que recebe dízimos, pagou dízimos.

AUTORA: NEUZA BALDINI
Espero em breve receber um E-mail seu me contando as maravilhas de Deus em sua vida.
Divulgue este site, me ajude a semear esta semente, e assim você também fará parte na colheita dos molhos, que semeamos com lágrimas e colhemos com alegria. Glória a Deus!!!!

Deus abençoe você e sua casa.

www.neuzabaldini.com
neuzabaldini@ig.com.br

domingo, 5 de abril de 2009

QUE TIPO DE PASTOR VOCÊ É?

QUE TIPO DE PASTOR VOCÊ É?
Você é pastor de ovelhas ou mercenário Que come a gordura das ovelhas. A coisa tá seria, e nós precisamos fazer uma autocrítica. A situação é a seguinte; muitos que se intitula pastor, mas, são ladrões e mercenários. Como saber se isso é verdade. Entra uma pessoa na Igreja e já que saber se é rico ou pobre. Vem-se de carro ou bicicleta. Para poder melhor avaliar a pessoa quem sabe futura ovelha, como será seu dizimo. Se for rico melhor. Assim poderá dar mais atenção assistência. Se for pobre e vim pedir ajuda, diz para se virar, pois esta pessoa não lhe Dara retorno, o pobre só ta trabalho. Se for rico em 2 a 3 meses já esta ocupando o púlpito e pregando sendo diácono e presbítero. Se for pobre fica no ultimo banco. Se a igreja é pequena e não tem como pagar um bom salário. Fica nela ate arrumar outra e diz to saindo por que Deus mandou (deus mamon) ao invés de trabalhar para o crescimento da igreja e poder ter um salário melhor. Existe Pastor e pastor? Pastor da a vida pelas ovelhas, como a parábola das cém ovelhas uma se perde deixa as 99 no aprisco, vai atrás de uma tendo achado cuida tira os carrapichos passam balsamo trata da ovelha. Tém Pastor que se alimenta da gordura tira tudo que a ovelha tem quando acaba vai embora. Tem Pastorado e pastorado.
Pastorado por vocação
pastorado por profissão
Que tipo de Pastor, pastor, você e?

sábado, 4 de abril de 2009

“OLHAI, VIGIAI E ORAI”.

“Olhai, Vigiai E Orai”. (Marcos 13.33)

Jesus Muitas Vezes Enfatizou A Necessidade De Vigiarmos.

“Vigiai, Pois Em Todo O Tempo...” (Lucas 21.36).

“Vigiai, Pois, Porque Não Sabeis A Que Hora Há De Vir O Vosso Senhor”. (Mateus 24.42).

“Vigiai, Pois, Porque Não Sabeis O Dia Nem A Hora Em Que O Filho Do Homem Há De Vir”. (Mateus 25.13).

“Vigiai, Pois, Porque Não Sabeis Quando Virá O Senhor Da Casa; Se Á Tarde, Se Á Meia-Noite, Se Ao Cantar Do Galo, Se Pela Manhã”. (Marcos 13.35).

“E Estas Coisas Que Vos Digo Digo-As A Todos: Vigiai”. (Marcos 13.37).

Quanta Necessidade De Vigilância Para Não Sermos Pegos De Surpresa, Para Não Ficarmos Envergonhados, Para Não Perdermos Todo O Nosso Tempo De Crente.

Enquanto Estamos Neste Mundo, Independente Da Fase Da Vida Em Que Estamos Temos Que Levar A Sério A Ordem De Jesus Para Vigiar.Jesus Falou Para A Igreja Que Estava Em Sardo:

“... E, Se Não Vigiares, Virei Sobre Ti Como Um Ladrão, E Não Saberás A Que Hora Sobre Ti Virei”. (Apocalipse 3.3.).

Vigiar É Estar Atento, Alerta, Observar Atentamente, Espreitar, Velar Por, Ou Seja, Não Descuidar Um Momento Sequer. Um Descuido Poderá Ser Fatal.Jesus Falou De Três Maneiras Sobre Quando Ele Nos Manda Vigiar.
1. O Vosso Senhor;
2. O Filho Do Homem
3. O Senhor Da Casa

Ele É Nosso Senhor Porque Nos Comprou E Pagou Com O Seu Sangue.

É O Filho Do Homem Porque Viveu Como Um De Nós, Humanizado E Passou Por Todas As Coisas Que Nós Passamos.É Também Do Senhor Da Casa:

“Mas Cristo, Como Filho Sobre A Sua Própria Casa; A Qual Casa Somos Nós, Se Tão Somente Conservarmos Firme A Confiança E A Glória Da Esperança Até O Fim”. (Hebreus 4.6).
Amados, Não Fiquemos Despercebidos Tão Pouco Absortos Demasiadamente Com As Coisas Desta Vida. Tenhamos Muito Cuidado E Façamos Tudo Para Nos Mantermos Em Vigilância Não Somente Com Relação Ao Arrebatamento, Mas Também Para Não Entrarmos Em Tentação.Vigiemos Com A Nossa Língua, Com O Nosso Coração.
O Senhor Voltará Na Hora Em Que Menos Se Espera.
“Não Durmamos Pois, Como Os Demais, Mas Vigiemos E Sejamos Sóbrios”.
(1. Tessalonicenses 5.6).